SONDA LAMBDA??? qual a finalidade?

Aqui você pode tirar dúvidas sobre motores em geral, injeção eletronica, preparação (Turbo, Nitro, Blower), etc.

Moderadores: andre pirituba, SemControle, Organizadores do Fórum

BRuTTuS
:: Rodeio ::
Mensagens: 626
Registrado em: Terça-feira 08th 2006f Agosto 2006 08:33:37 AM
Localização: Não Informado
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

SONDA LAMBDA??? qual a finalidade?

Mensagempor BRuTTuS » Terça-feira 22nd 2006f Agosto 2006 05:38:33 PM

Aew.. eu ja ouvi alguma coisa sobre essa sonda... e tal, mas não sei ao certo qual a finalidade dela..

Sei q ela pode influênciar na potência e consumo do carro... gostaria de saber mais sobre isso.. alguem aew sabe??

Se precisar troca ela.. qual o valor? ( corsa gl 1.4 efi ).

Publicidade

Rodrigo Nitta
:: Piquet ::
Mensagens: 259
Registrado em: Sábado 28th 2004f Fevereiro 2004 02:48:41 PM
Localização: São Paulo - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

Mensagempor Rodrigo Nitta » Terça-feira 22nd 2006f Agosto 2006 07:45:32 PM

A sonda serve para fazer a leitura da mistura entre ar e combustível, ela faz a leitura e manda para central.

Dá pra medir o sinal da sonda com um multímetro, mas como ela varia de acordo com a mistura, fica difícil saber se está boa ou ruim.
Saudades do TT !!!
Voltando a ativa, agora com meu terceiro Corsa !!!

Avatar do usuário
itanium
:: Champ ::
Mensagens: 447
Registrado em: Quinta-feira 10th 2006f Agosto 2006 06:43:03 PM
Localização: Recife - PE
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor itanium » Terça-feira 22nd 2006f Agosto 2006 11:42:53 PM

Rodrigo Nitta escreveu:A sonda serve para fazer a leitura da mistura entre ar e combustível, ela faz a leitura e manda para central.

Dá pra medir o sinal da sonda com um multímetro, mas como ela varia de acordo com a mistura, fica difícil saber se está boa ou ruim.


e se estiver lascada vai fazer o carro consumir mais ou ficar bastante manco

eu vi o preço aki na faixa de 300 paus
Corsa Sedan Super 1.0 8v

BRuTTuS
:: Rodeio ::
Mensagens: 626
Registrado em: Terça-feira 08th 2006f Agosto 2006 08:33:37 AM
Localização: Não Informado
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

Mensagempor BRuTTuS » Quarta-feira 23rd 2006f Agosto 2006 07:44:29 AM

itanium escreveu:
Rodrigo Nitta escreveu:A sonda serve para fazer a leitura da mistura entre ar e combustível, ela faz a leitura e manda para central.

Dá pra medir o sinal da sonda com um multímetro, mas como ela varia de acordo com a mistura, fica difícil saber se está boa ou ruim.


e se estiver lascada vai fazer o carro consumir mais ou ficar bastante manco

eu vi o preço aki na faixa de 300 paus



meio fodinha o preço neh!? hehe vo dar uma olhada na minha sonda....

vlw pela dica!!

pide
:: Classic ::
Mensagens: 1447
Registrado em: Quarta-feira 25th 2005f Maio 2005 06:33:44 PM
Localização: Não Informado
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

Mensagempor pide » Quarta-feira 23rd 2006f Agosto 2006 11:35:04 AM

ta mas tem como mudar alguma coisa pra ela fazer uma mistura mais rica?
o hallmeter serve pra mostrar o funcionamento dela entao?

Roberto.Prando
:: Super ::
Mensagens: 55
Registrado em: Sexta-feira 07th 2003f Novembro 2003 07:35:37 AM
Localização: São Paulo - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

Mensagempor Roberto.Prando » Quarta-feira 23rd 2006f Agosto 2006 11:55:41 AM

Só uma palinha sobre a Sonda (leitor de oxigenio):

O funcionamento da sonda lambda baseia-se no fato de que, em temperaturas superiores a 300º C, o elemento cerâmico torna-se condutor de íons de oxigênio. Em tais condições, cargas negativas (O-2) migram de uma placa de platina para outra, conduzidas pelo elemento cerâmico (eletrólito de dióxido de zircônio), gerando uma diferença de potencial elétrico entre os terminais dos eletrodos que varia de 100 a 900 milivolts. Valores entre 100 e 450 milivolts indicam mistura pobre, alta concentração de oxigênio nos gases de combustão. Valores entre 450 e 900 milivolts, indicam mistura rica, baixa concentração de oxigênio .

A central de injeção opera basicamente em duas fases de controle de mistura: closed-loop ou open-loop (malha fechada ou aberta). Quando o motor funciona em regimes estáveis, como em marcha lenta, suaves acelerações, velocidade do veículo constante com abertura de borboleta menor que 70% e dentro de um certo limite máximo de rotação, o sistema opera em malha fechada com lambda objetivo determinado pela central igual a 1,000. Esse valor, com variações limites de +- 5%, está previamente estabelecido no mapa de mistura*.

Em regimes transitórios, ou seja, bruscas variações na posição de borboleta, durante a partida a frio ( Warm-up ) e em plena carga, o sistema opera em malha aberta com lambda objetivo menor que 1,000. Nessas condições o sinal de tensão gerado pela sonda não é utilizado. A central utiliza valores já estabelecidas no mapa de mistura*, tendo como objetivos: dirigibilidade, emissões de poluentes e temperatura limite do catalisador (estabelecida pelo seu fornecedor). Em plena carga e rotações elevadas, pode-se obter lambda objetivo entre 0,820 à 0,920 (mistura excessivamente rica), devido ao controle desse último parâmetro.

Em síntese, quando o valor de lambda objetivo não tender a 1,000 ou for detectado algum inconveniente que impeça o correto funcionamento da sonda e for adotado pela central a condição de “Recovery”, o sistema estará operando em malha aberta.

Em função da sua localização na tubulação de escapamento, a sonda lambda pode ser aquecida por uma resistência elétrica auxiliar (resistor de aquecimento tipo PTC), com finalidade de manter uma temperatura mínima de operação nos regimes de marcha lenta, em procedimento “cut-off” e também para antecipar seu aquecimento logo após partida a frio do motor ( Warm-up ). A quantidade e a dimensão dos orifícios para captação das amostras dos gases de combustão também influenciam no seu aquecimento, sendo importantes parâmetros para determinação do correto ponto de instalação, não devendo ser modificado.

Na fase de desenvolvimento do motor, dois mapas bases no mínimo são gerados em bancos de provas: mapa de mistura e mapa de avanço, normalmente obtidos em função da rotação e carga do motor. Esses mapas, contêm valores ótimos de mistura e ponto de ignição definidos a partir de exaustivos ensaios em variados regimes de operação do motor.


Um abraço,

Roberto Prando
Corsa Black Bird
1.6 Asp

Avatar do usuário
itanium
:: Champ ::
Mensagens: 447
Registrado em: Quinta-feira 10th 2006f Agosto 2006 06:43:03 PM
Localização: Recife - PE
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor itanium » Quarta-feira 23rd 2006f Agosto 2006 12:02:13 PM

Roberto.Prando escreveu:Só uma palinha sobre a Sonda (leitor de oxigenio):

O funcionamento da sonda lambda baseia-se no fato de que, em temperaturas superiores a 300º C, o elemento cerâmico torna-se condutor de íons de oxigênio. Em tais condições, cargas negativas (O-2) migram de uma placa de platina para outra, conduzidas pelo elemento cerâmico (eletrólito de dióxido de zircônio), gerando uma diferença de potencial elétrico entre os terminais dos eletrodos que varia de 100 a 900 milivolts. Valores entre 100 e 450 milivolts indicam mistura pobre, alta concentração de oxigênio nos gases de combustão. Valores entre 450 e 900 milivolts, indicam mistura rica, baixa concentração de oxigênio .

A central de injeção opera basicamente em duas fases de controle de mistura: closed-loop ou open-loop (malha fechada ou aberta). Quando o motor funciona em regimes estáveis, como em marcha lenta, suaves acelerações, velocidade do veículo constante com abertura de borboleta menor que 70% e dentro de um certo limite máximo de rotação, o sistema opera em malha fechada com lambda objetivo determinado pela central igual a 1,000. Esse valor, com variações limites de +- 5%, está previamente estabelecido no mapa de mistura*.

Em regimes transitórios, ou seja, bruscas variações na posição de borboleta, durante a partida a frio ( Warm-up ) e em plena carga, o sistema opera em malha aberta com lambda objetivo menor que 1,000. Nessas condições o sinal de tensão gerado pela sonda não é utilizado. A central utiliza valores já estabelecidas no mapa de mistura*, tendo como objetivos: dirigibilidade, emissões de poluentes e temperatura limite do catalisador (estabelecida pelo seu fornecedor). Em plena carga e rotações elevadas, pode-se obter lambda objetivo entre 0,820 à 0,920 (mistura excessivamente rica), devido ao controle desse último parâmetro.

Em síntese, quando o valor de lambda objetivo não tender a 1,000 ou for detectado algum inconveniente que impeça o correto funcionamento da sonda e for adotado pela central a condição de “Recovery”, o sistema estará operando em malha aberta.

Em função da sua localização na tubulação de escapamento, a sonda lambda pode ser aquecida por uma resistência elétrica auxiliar (resistor de aquecimento tipo PTC), com finalidade de manter uma temperatura mínima de operação nos regimes de marcha lenta, em procedimento “cut-off” e também para antecipar seu aquecimento logo após partida a frio do motor ( Warm-up ). A quantidade e a dimensão dos orifícios para captação das amostras dos gases de combustão também influenciam no seu aquecimento, sendo importantes parâmetros para determinação do correto ponto de instalação, não devendo ser modificado.

Na fase de desenvolvimento do motor, dois mapas bases no mínimo são gerados em bancos de provas: mapa de mistura e mapa de avanço, normalmente obtidos em função da rotação e carga do motor. Esses mapas, contêm valores ótimos de mistura e ponto de ignição definidos a partir de exaustivos ensaios em variados regimes de operação do motor.


Um abraço,

Roberto Prando
Corsa Black Bird
1.6 Asp


caramba!! foi tão completo q eu fikei emocionado!! Parabéns Roberto Prando! Com ctz essas infos esclarecem muitas coisas!
Corsa Sedan Super 1.0 8v

Roberto.Prando
:: Super ::
Mensagens: 55
Registrado em: Sexta-feira 07th 2003f Novembro 2003 07:35:37 AM
Localização: São Paulo - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

Mensagempor Roberto.Prando » Quarta-feira 23rd 2006f Agosto 2006 04:43:41 PM

Sempre a disposição, quando eu nao souber o que responder exatamente e puder ajudar procurando em artigos técnicos que tenho, vou faze-lo para ajudar ao pessoal.

Um abraço,


Roberto Prando
Corsa Black Bird
1.6 Asp

BRuTTuS
:: Rodeio ::
Mensagens: 626
Registrado em: Terça-feira 08th 2006f Agosto 2006 08:33:37 AM
Localização: Não Informado
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I
Contato:

Mensagempor BRuTTuS » Quarta-feira 23rd 2006f Agosto 2006 04:49:49 PM

Ae q tá... alguem q conhece... explica pra qem não conhece!!


Vlw ae pela diga!

Caio Silva Junior
:: Piquet ::
Mensagens: 332
Registrado em: Terça-feira 08th 2006f Agosto 2006 03:03:11 PM
Localização: São Bernardo do Campo - SP
Modelo do veiculo: CORSA (DEMAIS)
Ano de fabricação: N/I

Mensagempor Caio Silva Junior » Sexta-feira 25th 2006f Agosto 2006 09:48:07 AM

Roberto.Prando escreveu:Só uma palinha sobre a Sonda (leitor de oxigenio):

O funcionamento da sonda lambda baseia-se no fato de que, em temperaturas superiores a 300º C, o elemento cerâmico torna-se condutor de íons de oxigênio. Em tais condições, cargas negativas (O-2) migram de uma placa de platina para outra, conduzidas pelo elemento cerâmico (eletrólito de dióxido de zircônio), gerando uma diferença de potencial elétrico entre os terminais dos eletrodos que varia de 100 a 900 milivolts. Valores entre 100 e 450 milivolts indicam mistura pobre, alta concentração de oxigênio nos gases de combustão. Valores entre 450 e 900 milivolts, indicam mistura rica, baixa concentração de oxigênio .

A central de injeção opera basicamente em duas fases de controle de mistura: closed-loop ou open-loop (malha fechada ou aberta). Quando o motor funciona em regimes estáveis, como em marcha lenta, suaves acelerações, velocidade do veículo constante com abertura de borboleta menor que 70% e dentro de um certo limite máximo de rotação, o sistema opera em malha fechada com lambda objetivo determinado pela central igual a 1,000. Esse valor, com variações limites de +- 5%, está previamente estabelecido no mapa de mistura*.

Em regimes transitórios, ou seja, bruscas variações na posição de borboleta, durante a partida a frio ( Warm-up ) e em plena carga, o sistema opera em malha aberta com lambda objetivo menor que 1,000. Nessas condições o sinal de tensão gerado pela sonda não é utilizado. A central utiliza valores já estabelecidas no mapa de mistura*, tendo como objetivos: dirigibilidade, emissões de poluentes e temperatura limite do catalisador (estabelecida pelo seu fornecedor). Em plena carga e rotações elevadas, pode-se obter lambda objetivo entre 0,820 à 0,920 (mistura excessivamente rica), devido ao controle desse último parâmetro.

Em síntese, quando o valor de lambda objetivo não tender a 1,000 ou for detectado algum inconveniente que impeça o correto funcionamento da sonda e for adotado pela central a condição de “Recovery”, o sistema estará operando em malha aberta.

Em função da sua localização na tubulação de escapamento, a sonda lambda pode ser aquecida por uma resistência elétrica auxiliar (resistor de aquecimento tipo PTC), com finalidade de manter uma temperatura mínima de operação nos regimes de marcha lenta, em procedimento “cut-off” e também para antecipar seu aquecimento logo após partida a frio do motor ( Warm-up ). A quantidade e a dimensão dos orifícios para captação das amostras dos gases de combustão também influenciam no seu aquecimento, sendo importantes parâmetros para determinação do correto ponto de instalação, não devendo ser modificado.

Na fase de desenvolvimento do motor, dois mapas bases no mínimo são gerados em bancos de provas: mapa de mistura e mapa de avanço, normalmente obtidos em função da rotação e carga do motor. Esses mapas, contêm valores ótimos de mistura e ponto de ignição definidos a partir de exaustivos ensaios em variados regimes de operação do motor.


Um abraço,

Roberto Prando
Corsa Black Bird
1.6 Asp



:o

belo texto !!!


Parabens !!!


Voltar para “Motor e Preparação”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 0 visitante

Publicidade